Lista dos 10 mais – conhecendo Berlim em 10 lugares

10 lugares para conhecer em Berlim

Promoções de passagens aéreas

Hotéis baratos Aluguel de carros Faça agora seu Seguro Viagem

A metrópole alemã pode surpreender. Esta grande cidade oferece aos visitantes não só os monumentos ligados à história da Europa e do mundo. Menos conhecida como a Cidade do Design, segundo a UNESCO mereceu esse título já em 2006, mas graças à Ilha dos Museus. Vamos conquistar e descobrir Berlim…

Alexanderplatz - 10 lugares para conhecer em Berlim

1. Alexanderplatz, muitas vezes também chamada de Alex, foi um dos locais mais movimentados da capital. Em torno deste local havia os restaurantes e bares mais movimentados do início do século XX onde a vida noturna se concentrava. Atualmente vale a pena visitar a praça, pois manteve o seu estilo socialista.

Torre de Televisão ou  Fernsehturm - 10 lugares para conhecer em Berlim

2. Torre de Televisão ou  Fernsehturm, é um dos edifícios mais altos da cidade – junto com a antena de TV tem 368 m de altura. E domina sobre Alexanderplatz. Há dois elevadores para trazer os visitantes para a esfera da torre. Existe uma plataforma para visitantes e um restaurante giratório no centro da esfera (a uma altura de 250 m). Pode se ir ao terraço para ver o panorama da cidade.Muro de Berlim - 10 lugares para conhecer em Berlim

3. O Muro de Berlim, que passou 28 anos dividindo Berlim entre a socialista RDA e a democrática RFA, se tornou um símbolo da Guerra Fria. Caiu em 9 de novembro de 1989, destruído por manifestantes da RDA. Para ver os fragmentos remanescentes do muro você precisa visitar o Berlin Wall Memorial na Bernauer Strasse. O museu que documenta a história do muro, Checkpoint Charlie, também merece uma visita.

Portão de Brandemburgo (Brandenburger Tor)

4. Portão de Brandemburgo (Brandenburger Tor) Este portal monumental foi inspirado na Acrópole de Atenas. Esculturas decorativas retratam cenas da mitologia grega, a carruagem é um símbolo de vitória. Durante séculos, o portão foi o local dos desfiles militares, e também da marcha triunfal. Em 1945, decorado com bandeiras de países que derrotaram a Alemanha nazista, se tornou um símbolo da vitória sobre o fascismo. Não deixe de vê-lo à noite, porque é lindamente iluminado.

Gendarmenmarkt

5. Gendarmenmarkt é considerada uma das praças mais belas da Europa. Ver joias arquitetônicas como a sede da casa de espetáculos Konzerthaus pode ser uma festa artística. No centro da praça há um monumento ao famoso escritor alemão Friedrich Schiller. Vale a pena visitar e se sentar em um dos cafés.

Galeria Nacional 10 lugares para conhecer em Berlim

6. A Galeria Nacional foi projetada como um templo imponente, por iniciativa de Frederico Guilherme IV e é de fato um santuário de arte e ciência. O edifício tem a forma de um templo romano e está fixado em dois andares do pedestal.

Reichstag

7. Reichstag, sede do parlamento alemão, é uma das atrações turísticas mais visitadas. O edifício original do século XIX foi reconstruído várias vezes. Dentre as muitas mudanças arquitetônicas a atenção é atraída para a cúpula de vidro de autoria de Norman Foster. O prêmio para uma subida ao topo é uma perspectiva interessante de Berlim.

Ilha dos Museus (Museumsinsel)

8. Ilha dos Museus (Museumsinsel) – O complexo de exposições foi criado no início do século XIX por ordem do rei Frederico Guilherme III, e inclui cinco galerias: Altes Museum (no prédio decorado com uma fileira de colunas jônicas foram montadas coleções de arte gregas e romanas), o Neues Museum (tem a forma de um templo antigo e abriga as obras de arte egípcia), a Alte Nationalgalerie (o edifício ao estilo de um antigo templo é um lugar para a apresentação de trabalhos de arte do século XIX, principalmente de artistas alemães), Pergamonmuseum (fica em edifício inspirado no templo da Babilônia, e reúne entre outros, achados arqueológicos do Oriente Médio incluindo o Altar de Pérgamo) e o Bode Museum (edifício neobarroco, que apresenta coleções de arte bizantina do início da Idade Média ao século XVIII). Em 1999, a propriedade foi inscrita no Patrimônio Mundial da UNESCO. Vale a pena visitar não apenas pelas coleções do museu. Instalações de arte estão localizadas nos antigos jardins reais – em uma bela Ilha, entre o rio Spree e uma de suas ramificações. E como você vê na foto, a ilha não dispõe de exposições apenas, mas também de praia …

Potsdamer Platz

9. Potsdamer Platz, após a reunificação da Alemanha se tornou um dos locais mais movimentados da cidade. Sob os edifícios na zona oriental da praça ficava o Führerbunker (Bunker de Hitler), onde em 1945 o líder nazista se suicidou. Bombardeado pelos aliados o terreno está rodeado por arranha-céus de “vidro” e obras modernistas da arquitetura projetadas por artistas mundialmente famosos: Helmut Jahn, Arata Isozaki, Renzo Piano. O panorama da praça pode ser visto a partir do deque de observação (Aussichtsplattform Panoramapunkt), pelo elevador supostamente mais rápido da Europa.

Schloss Charlottenburg

10 Schloss Charlottenburg – palácio barroco que o rei Frederico I construiu para sua esposa, Sophia Carolina. Para visitar este gigantesco complexo, é necessário pelo menos um dia. Certifique-se, no entanto, de prestar atenção à imagem barroca de Frederico I (localizada no pátio), à câmara de porcelana japonesa e chinesa, à capela com o retrato de Sophia Carolina como a Virgem Maria e, finalmente, percorrer o bem cuidado parque, em torno da residência real.

Informações turísticas de Berlim encontram-se na página Berlin Tourism.


Veja outros assuntos que podem te interessar:

Promoções de passagens aéreas

Hotéis baratos Aluguel de carros Faça agora seu Seguro Viagem