Carnavais Regionais

Mal nos recuperamos do Réveillon e já pensamos no Carnaval, não é mesmo? O Brasil traz tantas opções de festas incríveis, que fica difícil fugir da folia. Num país tão cultural e com dimensões continentais, comemorações diferentes não faltam. Conheça cinco carnavais regionais por todo o Brasil e escolha uma alternativa para as festas badaladas nessa época do ano. A gente quer mais é botar o bloco na rua!

VITÓRIA

Na passarela “Sambão do Povo”, as escolas de samba capixabas fazem seus desfiles, geralmente uma semana antes do carnaval do Rio de Janeiro. Com toda a pompa e circunstância que merecem, o desfile é assistido por milhares de foliões que, de quebra, ainda podem aproveitar o carnaval de rua local, realizado na Avenida Jerônimo Monteiro.

BAIXADA SANTISTA

Na região de Santos, Guarujá, São Vicente, Praia Grande e cidades próximas, o carnaval funciona de forma integrada. Nessa região do interior do estado de São Paulo, há três ligas que contam com diversas escolas de samba e blocos de rua. Vale a pena fazer um tour pela região.

FLORIANÓPOLIS

Não bastassem as belezas da natureza que Floripa oferece, a capital catarinense ainda proporciona festas divertidíssimas no carnaval. Grande destaque para o desfile do Bloco dos Sujos, no qual homens se vestem de mulheres, e mulheres se vestem de homens.

MANAUS

O expressivo Festival de Parintins é inspiração para o carnaval amazonense. Dessa forma, Garantido e Caprichoso caem na folia do Carnaboi. Nesse carnaval, não tem abadá – a roupa tradicional se chama tururi -, e os foliões usam cocares e vão atrás de mais de uma dezena de trios elétricos.

URUGUAIANA

Depois que passa a animação da época do carnaval, você acha que a magia acaba? Pois se engana quem pensa assim. Em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, o fim do carnaval é, na verdade, o começo do carnaval regional. Entre blocos e escolas de samba com belíssimos enredos, em uma disputa acirrada.