5 roteiros místicos na América Latina

Roteiros místicos na América Latina

Ver passagens aéreas

Ver hotéis Aluguel de carros

Viajar também significa tentar encontrar a si mesmo (a). Tantas pessoas fazem peregrinações, visitam locais sagrados e procuram um contato transcendental com a natureza, que não se pode mais dizer que viagem é apenas um luxo, mas que, sim, é conhecimento – e autoconhecimento. Portanto, aqui trazemos 5 roteiros místicos na América Latina, locais perto da gente, que podem trazer grandes respostas para perguntas internas que todos nós temos. E, fique ligado (a)! A última dica tem um pequeno truque 😉

Machu Picchu

1 – Machu Picchu (Peru)

Como começar esta lista sem destacar o incrível Machu Picchu, e todo o misticismo que aquela região de Cusco representa? Relatos comprovam que a sensação de chegar até as Ruínas Incas traz uma paz interior jamais experimentada. Falando em experimentar, é no Peru que o chá de Ayahuasca ficou famoso. Acredita-se que, durante o ritual de Ayahuasca, o indivíduo entra em um estado de maior percepção de si mesmo e do mundo.

Salar de Uyuni

2 – Salar de Uyuni (Bolívia)

O que seus olhos veem na planície de sal é, ao mesmo tempo, um vazio e uma unificação entre céu, solo e ser. A sensação de infinito que estar no Salar de Uyuni só nos mostra que somos apenas uma partícula de um todo muito mais importante – apenas grãos de sal em um imenso salar. Um lugar indicado para meditação, contemplação e profunda introspecção. E fotos maravilhosas, é claro, talvez até com a participação de flamingos que aparecem por lá em novembro.

Ilha de Páscoa

3 – Ilha de Páscoa (Chile)

O umbigo do mundo. Rapa Nui. Ilha vulcânica. O território com a população mais isolada de todo o resto do planeta. Aquelas conhecidas e gigantescas “carrancas” de pedra que são o símbolo da Ilha de Páscoa se chamam moais, e é em volta deles que o misticismo se encontra: como eles puderam ser movidos e organizados por povos primitivos se pesam mais de 80 toneladas? Algumas experiências foram feitas, e parece que se chegou a uma conclusão. Porém, o misticismo gosta de sinalizar que as estátuas podiam se mexer sozinhas, ou até que foram criadas por seres de outros planetas. São 887 moais, herança do povo Rapa Nui e prováveis símbolos de seus líderes.

Cabo Polônio, Uruguai

4 – Cabo Polônio (Uruguai)

Livre-se da dependência à tecnologia visitando o Cabo Polônio. Lá, não há eletricidade, água encanada e, muito menos, wi-fi. É você com você mesmo (a), em meio a água, dunas e leões-marinhos. Tenha seu momento, finalmente podendo ver as estrelas, sem aqueles grandes traços de poluição ou luz elétrica.

5 – As três Chapadas (Brasil)

Para que caibam várias opções brasileiras nesta última opção, nada melhor que falarmos em uma só dica sobre três Chapadas que fazem muito sucesso no Brasil: Chapada Diamantina, Chapada dos Veadeiros e Chapada dos Guimarães. Ecoturismo, meditação, cachoeiras, natureza e…ufologia.

Chapada Diamantina

Chapada Diamantina

A Bahia já é um estado cheio de misticismo. Na Chapada Diamantina, isso é elevado. Medite no Morro do Pai Inácio em um fim de tarde. Explore as grutas. Conheça tamanha biodiversidade.

Vale da Lua, Vale Lunar, Chapada dos Veadeiros

Chapada dos Veadeiros

Goiás abriga o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, uma opção incrível para contato com a natureza, com águas termais, cachoeiras e formações rochosas chamadas de “Vale da Lua”. Porém, o que torna a Chapada dos Veadeiros um grande centro místico é a alta concentração de quartzos na área (o que significa energização) e o fato de que o parque é cortado pelo mesmo meridiano que corta Machu Picchu.

Chapada dos Guimarães

Chapada dos Guimarães

Localizada no estado do Mato Grosso, a Chapada dos Guimarães lava a sua alma em suas cachoeiras, e te leva novamente para a raiz da civilização com seus sítios arqueológicos.

* As três Chapadas aparecem em vários relatos de presença de OVNIs.

Veja outros assuntos que podem te interessar:

Ver passagens aéreas

Ver hotéis Aluguel de carros