Bleisure: você de terno, mas com uma mochila para turismo

bleisure

Passagens aéreas baratas

Hotéis baratos Aluguel de carros Faça agora seu Seguro Viagem

 

Algumas indústrias e cargos estão permanentemente associados com as viagens de negócios ou comitivas de vários dias. Cada vez mais, é bem visto quando os funcionários estão altamente motivados e dispostos a fazerem longas viagens de negócios com certa regularidade, seja de carro, trem ou avião.

Esses tipos de viagens muitas vezes se tornam rotinas cansativas: associadas a noites sem dormir, transferências rápidas em cidades desconhecidas e a busca do destino: a sede da empresa, um centro de conferências, hotel… Mesmo que as viagens ocorram em cidades interessantes, poder admirar monumentos e lugares populares, conhecidos dos cartões postais, geralmente só é possível das janelas do táxi ou da varanda de um dos arranha-céus. No entanto, isso pode ser bem diferente.

Os deveres profissionais e o prazer de visitar e a alegria da descoberta do desconhecido combinadas formam o bleisure – uma tendência que vem conquistando o mundo dos negócios.

 

 

Otium post negotium na Roma antiga, bleisure no século XXI

Na maioria das vezes, a viagem pensada como bleisure começa na sexta-feira e termina no domingo. O último dia útil da semana é geralmente destinado à participação de reuniões de negócios: treinamentos, apresentações ou estabelecimento de contato direto com as equipes de trabalho espalhadas pelo país ou pelo continente. A viagem até o destino ocorre com os recursos do empregador, mas o funcionário não volta para casa no mesmo dia à tarde ou à noite, e financia as diárias do hotel durante os próximos dias, para poder aproveitar o fim de semana para conhecer a cidade.

bleisure

Bleisure não é apenas visitar monumentos turísticos, mas também ir a concertos, viagens curtas a cidades próximas, visitar amigos e parentes ou uma oportunidade para uma curta viagem em família. Muitas vezes as pessoas que decidem fazer o bizcation também gostam de visitar restaurantes populares e as praias próximas. Uma refeição saborosa e um passeio ao longo do mar é uma ótima recompensa de um dia intenso e estressante no trabalho.

Especialistas da Forbes mostram que a maioria das viagens de bleisure ocorrem em setembro e outubro. Estes dois meses de primavera (outono, no hemisfério norte) são imediatamente após o pico da temporada, quando os locais turísticos e de alojamento ficam rapidamente vazios.

Graças aos portais turísticos, se pode reservar acomodações atraentes mesmo no último minuto, e os preços são definitivamente mais baixos do que algumas semanas antes. O mais importante, o tempo ainda é propício para passar o tempo ao ar livre. Este tipo de viagens é mais frequentemente entre representantes dos setores médico, tecnológico e financeiro – esta tendência, no entanto, vem ganhando popularidade rapidamente entre representantes dos mais diferentes setores.

A ascensão do bleisure é atribuída aos Milenials, representantes da geração Y e, portanto, a faixa etária mais jovem entre os atuais empregados. Talvez essa vontade de viajar seja ditada pela crescente curiosidade pelo mundo que os rodeia ou pela melhor condição financeira. O estilo de vida agitado também significa que às vezes eles não têm tempo para tirar férias mais longas – então uma ótima opção é fazer algumas viagens mais curtas ao longo do ano.

 

Empregado descansado, empregador satisfeito

bleisure

As viagens de negócios acontecem em muitos lugares diferentes – desde as capitais europeias até mesmo cidades menores e mais singelas. Frequentemente, as viagens são a única oportunidade de se visitar um determinado destino por conta dos altos custos das passagens aéreas ou de trem ou por causa da própria distância, o que desencoraja as viagens.

No caso do bleisure, o empregado gasta muito menos – o empregador cobre o custo da viagem: de ida e volta, e às vezes também paga por um dia no hotel, caso o retorno no mesmo dia seja impossível. Então, os viajantes só precisam se preocupar com o alojamento por mais uma ou duas noites e pagar pelas entradas dos museus ou pelo transporte. Muitos empregadores têm descontos nas redes de hotéis mais populares ou cupons para corridas de táxi.

O empregador não perde nada enviando um funcionário para uma bizcation – em qualquer caso, ele deve garantir o transporte e a volta em um dos dias do fim de semana, não na sexta-feira, de modo que o funcionário possa voltar ao trabalho na segunda-feira.

Uma pessoa que faz bleisure está menos exposta ao estresse relacionado à viagem de trabalho: não precisa se preocupar com atrasos ou passar horas esperando pelo check-in no aeroporto. Isso leva à eficiência e um melhor bem-estar durante o desempenho das suas obrigações. Além disso, uma estadia mais longa na cidade-destino nos dá a oportunidade de participar de um jantar com funcionários ou fazer um encontro de integração em algum pub por perto. Isso, por sua vez, fortalece os laços entre os membros da equipe, reduz as diferenças culturais e também elimina a desnecessária distância entre os funcionários.

O Bleisure faz com que as viagens de negócios possam se tornar algo muito mais animador e interessante e, até mesmo, sejam ansiadas durante os próximos meses de trabalho. As férias de negócios levam em conta uma única regra – “unir o útil ao agradável”.

 

bleisure

Embora a bizcation pareça ser mais interessante na primavera e no verão, ela também pode ser bastante satisfatória no inverno. A atmosfera invernal deixa as cidades mais charmosas, e folgas antes da temporada de verão podem dar força e motivação para seguir trabalhando.

É hora de cair na estrada e experimentar você memso como ‘leisure’ e ‘pleasure’ dão vida ao bleisure!


Veja outros assuntos que podem te interessar:

Passagens aéreas baratas

Hotéis baratos Aluguel de carros Faça agora seu Seguro Viagem